“Education is the most powerful weapon which you can use to change the world”

(Nelson Mandela)

Porque acreditamos que é pela educação que podemos mudar a sociedade e o mundo, criámos um programa de educação para os direitos humanos e para a cidadania, com o objectivo de promover a consciência da cidadania global dos jovens portugueses, alertando e sensibilizando para questões que se prendem com os Direitos Humanos e suas violações, os deveres, a justiça social e o respeito pela diversidade.

Pretendemos mostrar aos nossos jovens a realidade vivida em outros países que passa muitas vezes por um profundo desrespeito pelos direitos humanos, através da nossa experiência no terreno, desenvolvendo assim um espírito de maior abertura, de tolerância e respeito pelas diferenças e pela dignidade humana, de solidariedade e cooperação, de maneira a mais tarde estes jovens se tornarem activos na luta contra a discriminação, a intolerância e a injustiça social.


Este programa é constituído por oito sessões, cuja calendarização é planeada conjuntamente com os professores das escolas parceiras.

Ao longo das oitos sessões, que são parte integrante do projecto, pretende-se trabalhar questões ligadas aos Direitos Humanos, aos deveres que lhes estão associados, a diferentes exemplos de violações de Direitos Humanos no mundo contemporâneo, bem como a possíveis formas de se ser activo no que diz respeito à defesa dos Direitos Humanos. Pretende-se que estas sessões tratem estas temáticas de uma forma apelativa e inovadora, tendo em vista a eficácia e a eficiência do projecto, recorrendo-se para isso a diferentes actividades, tais como: 

  • Actividades de “quebra-gelo” para estabelecer um primeiro contacto com o grupo, criar empatia e enfatizar a importância da sua colaboração no projecto, recorrendo a “jogos de quebra-gelo”.

  • Actividades de introdução às temáticas dos Direitos Humanos para desenvolver a consciência de cidadania e a necessidade de intervenção crítica, consciencializar, alertar e sensibilizar no âmbito dos Direitos Humanos e suas violações, “explorando” os artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos;

  • Visualização de material recolhido pela ADDHU no terreno (fotografias e filmagens), de maneira a dar a conhecer o seu trabalho, aproveitando para abordar diferentes temáticas de violação de Direitos Humanos, bem como para apresentar o trabalho de outros organismos nesta área;

  • Visualização de filmes previamente seleccionados, seguida de debate, tendo em conta a temática abordada pelos mesmos, para desenvolver o pensamento crítico dos alunos;

  • Actividade “A Preto e Branco”,ligada à fotografia, e que possibilita aos alunos “gravar” momentos, ideias, sentimentos através das realidades que escolhem fotografar, sensibilizando os jovens para diferentes problemas associados às mesmas;

  • Intercâmbio entre os alunos da turma e as crianças acolhidas pela ADDHU no seu orfanato no Quénia através de carta, de maneira a ambos poderem conhecer outras realidades através de jovens da sua idade;

  • Realização de diferentes exercícios práticos que fomentem a participação activa de todos os alunos e respectiva equipa docente através da partilha de ideias e de conhecimento relativamente aos Direitos Humanos e sua violação;

  • Fornecimento de material pedagógico que permita às escolas, em particular aos seus professores, terem apoio na abordagem desta temática;

  • Testemunho dos voluntários que estiveram no Quénia e no Nepal, de forma aos alunos poderem ouvir na primeira pessoa quais as dificuldades pelas quais estes passaram, bem como as experiências positivas e enriquecedoras que tiveram.


Principais temas abordados:

  • Responsabilidade, solidariedade e comportamento cívico: os nossos direitos e os nossos deveres;

  • Violações do Direitos Humanos em países em vias de desenvolvimento, nomeadamente os países onde a ADDHU desenvolve projectos de Cooperação para o Desenvolvimento (Quénia e Nepal), o que podemos fazer para combater as injustiças e as violações de Direitos Humanos (instituições, organismos e instrumentos de defesa dos direitos humanos);

  • Os Direitos das Crianças e das Mulheres: as crianças órfãs dos bairros de lata de Nairobi no Quénia, a questão da Mutilação Genital Feminina no Quénia, as crianças soldado em África e na Ásia, nomeadamente na Birmânia;

  • Viver em condições de pobreza extrema, sem acesso à saúde e educação: os bairros de lata de Nairobi;

  • Cooperação para o Desenvolvimento e Ajuda Humanitária: o papel das ONG e o trabalho de campo realizado pela ADDHU no Quénia (abertura de um orfanato, distribuição de pensos higiénicos, apoio às mães adolescentes dos bairros de lata, combate à mutilação genital feminina, etc.), e o voluntariado internacional (testemunhos dos voluntários da ADDHU) no Quénia e no Nepal


Este programa destina-se aos alunos do ensino secundário das escolas públicas e privadas do distrito de Lisboa


Professores e alunos: inscrevam já a vossa escola / turma e
juntem-se à ADDHU na sua luta 
por um mundo
melhor e mais justo!

 

Contactos:
Laura Vasconcellos
Presidente e Fundadora da ADDHU
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telefone: (+351) 962 904 738